MAB repudia tentativa de golpe fascista no Brasil

Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) convoca a militância a se manter vigilante na defesa pela democracia e pelos interesses da classe trabalhadora

Foto: divulgação Agência Brasil

As ações orquestradas por grupos bolsonaristas fascistas contra os três poderes da República, que aconteceram no dia de hoje, 08, em Brasília (DF), possuem como objetivo estimular e criar uma situação de caos e instabilidade nacional para forjar um golpe contra a democracia e a maioria do povo brasileiro que, legitimamente, elegeu Lula presidente.

Os grupos que lideraram e promoveram as ações terroristas foram derrotados eleitoralmente e querem voltar ao poder por meio do uso da extrema violência para manter os interesses e privilégios concedidos pelo governo Bolsonaro à minoria rica.

O bolsonarismo é o fascismo dos tempos atuais. Não aceita a soberania do voto do povo brasileiro e o comprometimento do novo governo, legitimamente eleito, com a redução das desigualdades sociais. Os golpistas pretendem conservar o sistema de exploração e opressão contra a imensa maioria do povo trabalhador.  

O MAB repudia a tentativa de golpe no Brasil, promovido por fascistas bolsonaristas,  e se solidariza com o governo Lula, ao mesmo tempo em que se dispõe a lutar pela democracia e pelos interesses da classe trabalhadora.

Convocamos a militância a se manter vigilante em defesa da democracia e mobilizada para combater todas as tentativas de golpe.

Água e energia com soberania, distribuição da riqueza e controle popular!

Conteúdos relacionados
| Publicado 13/01/2023 por Frente Brasil Popular RO

Nota de repúdio coletiva de Rondônia: Contra atos golpistas e terroristas no Brasil

Nota protocolada nesta quinta-feira, 12, conta com assinatura de mais de 60 entidades de Rondônia, em defesa do Estado Democrático de Direito e o respeito à vontade popular

| Publicado 10/01/2023 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Nota | Pela liberdade de Pedro Carrano e apoio às famílias da ocupação Povo Sem Medo

Em nota Movimento cobra liberdade para jornalista Pedro Carrano, preso na manhã de hoje (10), durante cobertura de ação de despejo em Curitiba (PR)

| Publicado 20/01/2023 por Movimento dos Atingidos por Barragens - Minas Gerais

MAB repudia racismo em shoppings de Minas Gerais

Relatos de adolescentes impedidos de adentrarem espaços comerciais têm crescido na capital mineira